Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
FÓRUM

Ministério realiza 34º Fórum TRC com caminhoneiros e representantes do setor de cargas

  • Publicado: Quinta, 10 de Outubro de 2019, 14h13
  • Última atualização em Segunda, 11 de Novembro de 2019, 10h45
  • Acessos: 835

WhatsApp Image 2019 10 09 at 19.25.24

Teve início nesta quarta-feira (9/10), no Ministério da Infraestrutura, a 34º reunião do Fórum Permanente para o Transporte Rodoviário de Cargas. O encontro tem o objetivo de propor o debate sobre soluções para desburocratizar o setor e melhorar a vida da categoria.

No evento, estão sendo apresentados os principais avanços das discussões realizadas pelo setor nos últimos meses, desde a retomada do Fórum, em março deste ano. Entre os principais temas abordados, estão o fortalecimento do cooperativismo, a criação do cartão combustível, o programa de saúde para os caminhoneiros, entre outros.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, destacou a importância do Fórum e a preocupação do Governo Federal em destravar os principais gargalos apresentados. “Estamos preocupados com a situação de manutenção da frota. Vamos abrir uma linha de crédito destinada ao autônomo para ajudar nessa manutenção. O BNDES está encabeçando esse trabalho e os bancos públicos também estão ajudando", disse. "A gente está preocupado com o excesso de burocracia no transporte, que acaba sendo um campo fértil para o intermediário, o que aumenta o custo e diminui a renda. O governo vem trabalhando para mudar esse cenário", destacou o ministro.

O secretário Nacional de Transportes Terrestres (SNTT), general Jamil Megid, ressaltou a importância dos debates e a unificação das informações apresentadas. “Acreditamos que temos tido sucesso e alcançado bons resultados que atendem ao setor. Estamos empenhados em dar melhores condições de trabalho e de vida a esses trabalhadores. Nosso foco principal é o caminhoneiro autônomo”, afirmou o general.

Megid destacou ainda a importância do Governo em manter o diálogo com os caminhoneiros. “Realizamos reuniões participativas ao longo de dois meses e, ao final de cada bimestre, fazemos o Fórum Permanente para alinhar os estudos e procurar soluções que atendam a categoria”, ressaltou.

 

FOTOS: Alberto Ruy/Aescom MInfra

Assessoria Especial de Comunicação
Ministério da Infraestrutura

registrado em:
Assunto(s): FÓRUM

Notícias Relacionadas


Fim do conteúdo da página