Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
De olho no 'mercado verde', MInfra assina novo acordo para aprimorar diretrizes socioambientais
“Vamos entregar em 2022 uma infraestrutura muito melhor do que a que recebemos”, afirma ministro no BIF 2019
Governo Federal estabelece novas diretrizes para diálogo com os caminhoneiros

CURTAS INFRAESTRUTURA

INFRAESTRUTURA INSTITUCIONAL

INFRAESTRUTURA VÍDEOS

Ministério realiza o 1º Seminário de Competitividade do Setor de Infraestrutura

Ministério realiza o 1º Seminário de Competitividade do Setor de Infraestrutura

Ministério realiza o 1º Seminário de Competitividade do Setor de Infraestrutura
Com o objetivo de promover debates para subsidiar o desenvolvimento de estratégias assertivas para tornar o Brasil mais competitivo no cenário internacional, o Ministério da Infraestrutura, em parceria com a Fundação Dom Cabral, realizou, no dia 8 de outubro de 2019, o 1º Seminário de Competitividade do Setor de Infraestrutura. Durante o evento, foi realizado o lançamento global do Relatório de Competitividade 2019, desenvolvido pelo Fórum Econômico Mundial no Brasil. Segundo os dados apresentados, o Brasil avançou uma posição no ranking de competitividade mundial, que avalia 103 variáveis de 141 países, agrupadas em 12 pilares que representam 4 fatores – ambiente favorável, capital humano, mercado e ecossistema inovador. Ao longo de todo o dia, foram realizados painéis e debates sobre a Competitividade como Estratégia de Governo, bem como a perspectiva dos investidores e dos usuários do setor sobre o tema. Para o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, as estratégias do Ministério da Infraestrutura visam tornar o Brasil mais competitivo. “Essas medidas, aliadas à equipe extremamente técnica do Ministério da Infraestrutura, certamente contribuirão para que, no pilar infraestrutura, o Brasil avance várias posições”, observou. Saiba mais: https://bit.ly/35iPafm
https://www.youtube.com/watch?v=H5Ow30J3Cww
0
0
Ministro Tarcísio defende racionalidade no licenciamento ambiental

Ministro Tarcísio defende racionalidade no licenciamento ambiental

Ministro Tarcísio defende racionalidade no licenciamento ambiental
Tarcísio Gomes de Freitas participou de audiência pública sobre o tema na Câmara dos Deputados “Simplificar não significa precarizar”. Essa foi a defesa do ministro da infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, em audiência pública realizada, nesta terça-feira (8), na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, na Câmara dos Deputados. Por mais de três horas, parlamentares debateram o projeto que trata sobre o licenciamento ambiental para rodovias. A proposta pretende dar celeridade e simplificar processos em relação aos licenciamentos em casos específicos, como na supressão de vegetação em faixas de domínio. “Trata-se de um grande desafio. É preciso coragem para enfrentar esse tema no Congresso Nacional. A primeira proposição legislativa é de 1987, anterior à Constituição Federal de 1988”, disse ao mencionar a necessidade de aprimoramento e modernização das regras. Segundo Freitas, assim que for aprovada, a lei trará clareza. “Os empreendedores têm dificuldade de entender até onde vai a responsabilidade de cada um. Falta efetividade nas licenças. A gente estuda, faz licenciamento prévio, conseguimos licenças de instalação, mas, muitas vezes, não podemos começar as obras porque dependemos de diversas autorizações”, lamentou. Freitas deixou claro que os resultados do projeto vão impactar diretamente no Ministério da Infraestrutura, uma vez que o órgão é executor e responsável pelo planejamento das obras. “Queremos discutir o conceito. Que o foco seja em resultado e não em procedimento. Que os estudos sejam focados no prognóstico e não no diagnóstico”, disse. Para Freitas, aspectos como celeridade, economia processual, tramitação eletrônica de estudos e eficácia imediata das licenças são essenciais. Ele foi enfático ao dizer que está atento ao tema sustentabilidade e vem trabalhando em ações que garantam selo verde para os projetos da pasta. “Estamos abrindo nossas propostas para mais uma fonte de financiamento, que são os green bonds. As concessões já são feitas com esse conceito. Além disso, os nossos aeroportos são todos ecofriendly, com reaproveitamento de água de chuva e iluminação em LED para trazer eficiência energética. Estamos fazendo nosso dever de casa. Nós sabemos fazer. É possível promover a coexistência do desenvolvimento com a proteção e preservação do meio ambiente. Não são coisas inconciliáveis”, defendeu. Freitas finalizou dizendo que o projeto é de interesse de todos os cidadãos. “Onde fica o interesse da sociedade nesse processo? O interesse é do Brasil. Pessoas estão perdendo a vida todos os dias por falta de infraestrutura. Em algum momento, a gente tem que prover a infraestrutura. Nós temos tecnologia e conhecimento técnico para isso. Trata-se de uma questão de estado”, concluiu.
https://www.youtube.com/watch?v=qSS00s9vysw
0
0
34º Fórum Permanente para o Transporte Rodoviário de Carga

34º Fórum Permanente para o Transporte Rodoviário de Carga

34º Fórum Permanente para o Transporte Rodoviário de Carga
#FórumCaminhoneiros Entre os dias 10 e 11, aconteceu em Brasília a 34ª Reunião Ordinária do Fórum Permanente para o Transporte Rodoviário de Cargas. O encontro, realizado a cada 2 meses, é uma iniciativa do Governo Federal para debater medidas e destravar gargalos no transporte de cargas. O Fórum contou com a presença do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, do secretário Nacional de Transportes Terrestres, general Jamil Megid, além da subsecretária Executiva da pasta, Viviane Esse, e de representantes de transportadoras, embarcadores e caminhoneiros autônomos. Ao longo dos 2 dias de evento, órgãos como Denatran, Ministério da Saúde, BNDES, Petrobras, Caixa Econômica Federal, Confederação Nacional do Transporte, Companhia Nacional de Abastecimento - Conab e Polícia Rodoviária Federal apresentaram as principais ações desenvolvidas para atender às demandas dos caminhoneiros. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, destacou a importância do Fórum e a preocupação do Governo Federal em destravar os principais gargalos apresentados. “Estamos preocupados com a situação de manutenção da frota. Vamos abrir uma linha de crédito destinada ao autônomo para ajudar nessa manutenção. O BNDES está encabeçando esse trabalho e os bancos públicos também estão ajudando", disse. Um dos destaques do Fórum foi o Cartão Caminhoneiro, um cartão pré-pago que garante a compra de combustível (diesel) sem variação de preço por um período de até 30 dias. Acesse e saiba mais: http://bit.ly/2MvpvYs
https://www.youtube.com/watch?v=Ke-9B_d7KO0
0
0
Ministro Tarcísio Gomes - TCU - Prorrogação da Malha Paulista

Ministro Tarcísio Gomes - TCU - Prorrogação da Malha Paulista

Ministro Tarcísio Gomes - TCU - Prorrogação da Malha Paulista
Ministro Tarcísio Gomes de Freitas participou do Painel Técnico da Prorrogação da Malha Paulista
https://youtu.be/b271W5Fr8Xc
0
0

INFRAESTRUTURA NAS REDES

Twitter

Facebook

Twitter

Facebook

Twitter

Facebook

CONSULTA PÚBLICA

banner 255x167 consulta publicapsd final

ACESSE

horus banner

webportos banner

ÓRGÃOS VINCULADOS

Fim do conteúdo da página