Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
CONCESSÕES

ANTT debate, na Câmara, concessões rodoviárias em Santa Catarina

  • Publicado: Terça, 16 de Junho de 2015, 17h18
  • Última atualização em Terça, 16 de Junho de 2015, 17h18

A ANTT participou, nesta terça-feira (16/6), de audiência na Comissão de Transportes da Câmara dos Deputados, sobre concessões rodoviárias federais no estado de Santa Catarina. Segundo a superintendente de Exploração de Infraestrutura Rodoviária, Viviane Esse, a ANTT trabalha com o critério de menor tarifa de pedágio nos leilões das novas concessões integrantes do Programa de Investimento em Logística.

A audiência teve por finalidade discutir a duplicação de rodovias federais em Santa Catarina. De acordo com a superintendente, encontram-se em procedimentos finais os preparativos para a audiência pública sobre a concessão de três trechos rodoviários no estado, cujo leilão deve ocorrer no segundo semestre.

O leilão vai abranger trechos das BR-153/480 e 282, com investimentos de R$ 4,5 bilhões , que vão melhorar a fluidez do tráfego entre a região de produção de proteína animal, entre Chapecó e a cidade de Lapa (PR), com acesso ao Porto de Paranaguá.

Viviane também informou que um Grupo de Trabalho (GT) estuda melhorias para os trechos das BR-101(Auto Pista Litoral Sul) e BR-116 (Auto Pista Planalto Sul), exploradas pela concessionária Arteris. Essas melhorias incluem trevos, passarelas ou pista adicional, de modo a garantir mais fluidez.

O Programa de Investimento em Logística prevê melhorias na BR-101 entre o município de Palhoça e a divisa com o estado do Rio Grande do Sul, com objetivo de ampliar a capacidade de trafego e melhorar a segurança da via.

Duas novas rodovias federais em Santa Catarina foram incluídas no plano anunciado pela presidente da República em 9/6. A primeira é a BR-470, entre Itajaí e o trevo da BR-282, com 455 km e investimento estimado de R$ 3,2 bilhões. A segunda, a BR-280, trecho entre o porto de São Francisco do Sul e o Porto União, com 307 km e investimento previsto de R$ 2,1 bilhões.

Fonte: ANTT

registrado em:

Notícias Relacionadas


Fim do conteúdo da página