Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Aviação

Ministério e Infraero entregam obras de reforma e ampliação do aeroporto de Marabá (PA)

  • Publicado: Terça, 23 de Abril de 2019, 16h33
  • Última atualização em Sexta, 10 de Maio de 2019, 17h47

Obra contou com investimentos da ordem de R$11,4 milhões provenientes do Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac)

Aeroporto Maraba 01A Secretaria de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura e a Infraero entregaram, nesta terça-feira (23), as obras de reforma e ampliação do Aeroporto João Corrêa da Rocha, em Marabá (PA). Com investimento total de R$ 11,4 milhões, os trabalhos vão aprimorar os níveis de segurança e conforto, com mais comodidade aos usuários e passageiros.

A entrega significa ampliação da área do terminal em 40% e da capacidade de passageiros em 25%. O aeroporto ganhou, ainda, novos balcões de check-in, totalizando 16, além de novos carrosséis de restituição de bagagens. Os banheiros também foram totalmente reformados e ampliados e toda a edificação foi adequada para atendimento às normas de acessibilidade. 

"Essas obras da aviação regional foram feitas com o Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac), que recebe os valores das outorgas, onde nós repassamos para a Infraero, que faz obras desta natureza, trazendo qualidade e prestação de serviço adequada”, explicou Ronei Glanzmann. 

O terminal cumpre papel fundamental na integração e acesso às cidades vizinhas. Além de ligar Marabá a outros quatros destinos com oito voos diários: Belém e Parauapebas (PA), Brasília (DF) e Belo Horizonte (MG). “Estamos hoje em Marabá e a população está feliz. O estado do Pará deve comemorar porque, de fato, é uma obra pujante que estamos entregando aqui”, finalizou Ronei. 

A presidente da Infraero, Martha Seillier, também participou da inauguração e destacou que o novo aeroporto de Macapá vai contribuir com o crescimento da região, com o comércio e com a indústria. “É um terminal moderno, confortável e sustentável. Com ele, esperamos poder atrair novos voos, e esperamos poder devolver à região um aeroporto internacional”, avaliou a gestora.

 

* Com informações da Infraero

Assessoria Especial de Comunicação

Ministério da Infraestrutura

registrado em:
Assunto(s): Aviação , aeroportos , Infraero

Notícias Relacionadas


Fim do conteúdo da página