Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Bacia do Tietê e Paraná

Publicado: Quarta, 12 de Novembro de 2014, 18h10 | Última atualização em Terça, 06 de Janeiro de 2015, 15h14

bacia tiete parana

Características

Área aproximada em km²: 2.700.000

Estados abrangidos: Mato Grosso e Mato Grosso do Sul

Principais Rios: Jaurú, Cuiabá - São Lourenço, Taquari, Miranda, Apa, San Cardos, Aquidaban, Ypané, Monte Lindo, Jejui, Manduvirá, Confuso, Pilcomayo,Tebicuary, Bermejo, Paraguai, Corrientes, Guayquiarro, Feliciano, Salado, Carcaraña, Gualeguay, Arrecifes e Paraná.

Rios Considerados: Paraguai e trecho internacional do Paraná a jusante da foz do Paraguai.

Características Gerais do Transporte na Bacia:

Atualmente, os países da Bacia do Prata, apesar das restrições de navegação, transportam pela Hidrovia Paraguai-Paraná mais de 15 milhões de toneladas de cargas por ano, no que é considerado o segundo sistema fluvial da América do Sul em extensão, equiparando-se em navegabilidade e extensão ao rio Mississipi (EUA) e ao Reno (Europa).

A Bacia do Prata engloba um dos principais sistemas hidroviários do mundo. Foi fator determinante para a formação dos países do Cone Sul da América Latina, quer politicamente, como na penetração e consolidação dos estados que ali se organizaram a partir do século XVI.

Do ponto de vista econômico, como via de transporte e comunicação, tem sido fator decisivo para o desenvolvimento dos países que estão em sua área de influência. Seus cursos de água são responsáveis pelos excelentes índices de fertilidade de extensas áreas agricultáveis, constituindo-se num recurso natural capaz de gerar energia abundante. Ainda se apresenta com enorme potencialidade para as atividades industriais que requeiram fluxo de insumos em escalas cada vez maiores, para reduzir custos e atender às demandas crescentes de um mercado regional capaz de atingir as dimensões das economias mais desenvolvidas.

Esse sentido estratégico da região da Bacia do Prata foi claramente identificado já no século XVI, conforme a História assinala, ao registrar as expedições de portugueses e espanhóis que se sucederam nos primeiros tempos de colonização européia.

OUTRAS CONSIDERAÇÕES
Além de servir a extensos territórios produtivos da Argentina, Brasil, Bolívia, Paraguai e Uruguai, beneficia também o Pacto Andino, iniciativa essa da Bolívia, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela, impulsionando ativamente a integração econômica dessa região, constituída de uma importante zona de livre comércio com 100 milhões de habitantes.

 

Hidrovia do Paraná

CARACTERÍSTICAS FÍSICAS

Extensão navegável: 1.080 km

Largura média: 120 m

Declividade média: 281 m, perfil c/ eclusas

REGIME HIDROLÓGICO

Período de águas baixas: Junho / Setembro

Período de águas altas: Outubro / Maio

Gabarito proposto pelo PNVNI / 89:

NAVEGABILIDADE

Sistema de sinalização / balizamento: 360 bóias cegas, 14 faroletes tipo torre, 100 placas de margens .

Restrições à navegação:

Guaira a Porto Primavera (245 Km): restrição de calado em alguns trechos (1,50 m na estiagem),como: Baixio Morumbi, Baixio Dom Carlos, Baixio do Amanbai, Porto Floresta. Desmembramentos nas eclusagens, pontes e canais.

Comboio-tipo: (Paraná)-comprimento 200,50 m e boca 16,00 m ou 22,00 m (duplo Tietê).

INTERFERÊNCIAS E MULTIMODALIDADE

Corredor de Transporte abrangendo a Hidrovia: Transmetropolitano, Mercosul e Sudoeste

Principais entroncamentos intermodais: Pontos quilométricos (PK´s)

1.São Simão (GO) PK: 2.955
2. Três Lagoas (MS) PK: 2.596
3. Panorama (SP) PK: 2.537
4. Pres. Epitácio (SP) PK: 2.473
5.Guaira (PR) PK: 2107
6. Mendes (PR) PK: 2.059
7. Sta. Helena (PR) PK: 2.009
8. Hernandárias (PY) PK: 1.943
9. Meira/Foz (PR) a ampliar PK: 1.936

Cidades ribeirinhas: Existem mais de 100 municípios que margeiam os rios da Bacia do Paraná, sendo que 54 margeiam a rota principal de navegação e 9 cidades sediadas nas margens .

Municípios ribeirinhos na rota principal de navegação: (principais municípios) Quirinópolis (GO), Paranaigua, São Simão, Cacu, Itarumã, Itajá, Paranaíba (MS), Aparecida do Taboado, Selvíria, Três Lagoas, Brasilândia, Santa Rita Pardo, Bataguassu, Amaurilândia, Bataiporã, Taquaruçú, Jataí, Naviraí, Itaquiraí, Eldorado, Mundo Novo.

Santa Vitória(MG), Iturama, Santa Clara d´Oeste(SP), Rubinéia, Santa Fé do Sul, Três Fronteiras, Nova Canaã Paulista, Aparecida d´Oeste, Suzanópolis, Ilha Solteira, Itapura, Castilho, Paulicéia, Panorama, Presidente Epitácio.

Teodoro Sampaio, Rosana, Marilena (PR), Porto Rico, São Pedro, Querência, Icaraíma, Vila Alta, São Jorge/Patrocínio, Altônia, Guairá, Mercedes, Marechal Cândido Rondon, Pato Bragado, Entre Rios, Santa Helena, Itaipulândia e Foz do Iguaçu.

Portos e Terminais: Pontos quilométricos (PK´s)

1.São Simão (GO) PK: 2.955
2. Três Lagoas (MS) PK: 2.596
3. Panorama (SP) PK: 2.537
4. Pres. Epitácio (SP) PK: 2.473
5.Guaira (PR) PK: 2.107
6. De La Guayrá (PY) PK: 2.107
7. Mendes (PR) PK: 2.059
8. Sta. Helena (PR) PK: 2.009
9. Hernandárias (PY) PK: 1.943
10. Meira/Foz (PR) a ampliar PK: 1.936

Travessias no Rio Paraná: Pontos quilométricos (PK´s)
1. Santa Helena Itaipu Porá e Porto Indios PK: 2.009
Município: Santa Helena-PR Município: Itaipu Porá e Porto Indios-PY
2. Pato Bragado Marangatú PK: 2.034
Município: Pato Bragado-PR Município: Marangatú-PY
3. Mendes (P. Pedrinho)Puerto Adela PK: 2.069
Município: Mendes (P. Pedrinho)-PR Município: Puerto Adela-PY
4. GuaíraSalto Del Guairá PK: 2.106
Município: Guaíra-PR Município: Salto Del Guairá-PY
5. Vila Alta Itaquarí/Porto Sto.Antonio PK: 2.193
Município: Vila Alta-PR Município: Itaquarí/Porto Sto.Antonio-MS
6. Querência Naviraí PK: 2.222
Município: Querência-PR Município: Naviraí-MS
7. São JoséMaria Helena PK: 2.315
Município: São José-MS Município: Maria Helena-PR
8. São JoséBataiporã PK: 2.338
Município: Rosana-SP Município: Bataiporã-MS
9. PaulicéiaBataiporã PK: 2.547
Município: Paulicéia-SP Município: Brazilândia-MS
10.PanoramaBrazilândia PK: 2.542
Município: Panorama-SP Município: Brazilândia-SP

Travessia no rio Paranaíba: Pontos quilométricos (PK´s)
1. CarneirinhoParanaíba PK: 2.535
Município: Carneirinho- MG Município: Paranaíba-MS

Travessia no rio Paranapanema: Pontos quilométricos (PK´s)
1. Terra RicaEuclides da Cunha PK: 2.315
Município: Terra Rica- PR Município: Euclides da Cunha-MS

Travessia no rio Iguaçú: Pontos quilométricos (PK´s)
1. Foz do Iguaçú Puerto Iguaçú PK: 2.315
Município: Foz do Iguaçú- PR Município: Puerto Iguaçú-AR

Travessias no Rio Grande: Pontos quilométricos (PK´s)
1 Santa Clara d´OesteAparecida do Taboado PK: 2.735
Município: Sta. Clara d´Oeste-SP Município: Aparecida do Taboado-MG
2.Santa Albertina Estrela da Barra PK: 2.735
Município: Santa Albertina-SP Município: Estrela da Barra-MG
3.Riolândia São Francisco de Sales PK: 2.735
Município: Riolândia-SP Município: S. Francisco de Sales-MG

Outras obras (pontes, eclusas, etc): Pontos quilométricos (PK´s)

 

Porto de Presidente Epitácio

HISTÓRICO

O porto foi construído em 1960 pela Ferrovias Paulistas S.A (FEPASA), tendo como finalidade principal a interligação do trecho do rio Paraná, entre Guaíra (PR) e Jupiá, na divisa de São Paulo e Mato Grosso do Sul, com o terminal ferroviário da antiga Companhia Paulista de Estradas de Ferro. A construção teve a anuência do Departamento Nacional de Portos e Vias Navegáveis (DNPVN). Posteriormente a PORTOBRÁS (AHRANA) e atual CODESP/AHRANA, teve participação importante na operacionalização do porto, através de aquisição de equipamentos. Em 10/11/98 foi realizado o leilão de privatização da malha paulista da FEPASA, tendo como vencedor o consórcio Ferrovias Bandeirante S/A - FERROBAN, com o prazo de concessão de 30 anos.

LOCALIZAÇÃO / ACESSOS / ÁREA DE INFLUÊNCIA

Está localizado na margem esquerda do rio Paraná, no município de Presidente Epitácio (SP), junto à divisa com Mato Grosso do Sul.

ACESSO RODOVIÁRIO - Pelas SP-270/BR-267 e SP-270/BR-374, na direção de Presidente Prudente (SP), encontrando no trecho, as SP-563/BR-158.

ACESSO FERROVÁRIO - Pela Unidade Regional Botucatu (UR2), da Ferrovias Paulistas S.A. (Fepasa).
ACESSO FLUVIAL - Pelo rio Paraná a área de influência abrange o noroeste do Estado de São Paulo e o sudeste de Mato Grosso do Sul.

INSTALAÇÕES / EQUIPAMENTOS

Dispõe de um cais acostável com 150m de extensão e um píer com 10m de comprimento. Para depósito, conta com um pátio de 15.000m2 destinado a carga geral, madeira e granéis sólidos, que possui sistema de iluminação para operar 24 horas. Possui uma grua elétrica Tecnotra 75B, duas moegas alimentadoras por sistema móvel de equipamento transportador de grãos e acessórios. Os equipamentos móveis em operação pertencem à iniciativa privada.

ENDEREÇO
Rua Florianópolis, 12 - 05
19023-510 - Presidente Epitácio - SP.
Tel: (18) 281-2215

Fim do conteúdo da página